spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Paraty: equipes da Saúde reforçam ações em bairros afetados por chuvas

spot_imgspot_img

Mais lidas

Visando conscientizar a população e evitar a proliferação da leptospirose, equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Paraty tem percorrido os bairros mais afetados pelas fortes chuvas. A cidade registrou aumento no número de casos suspeitos da doença nos últimos dias.

As equipes também fornecem hipoclorito aos moradores. A ideia é que o produto seja utilizado para purificar a água para consumo humano e lavagem de verduras e frutas.

De acordo com a SMS, a leptospirose é uma infecção aguda, causada pela bactéria Leptospira. A transmissão para os seres humanos acontece por animais de diferentes espécies (roedores, suínos, caninos), sendo mais comum por ratos urbanos no Brasil.

“Infelizmente, o risco não desaparece depois que o nível das águas baixa, pois a bactéria continua ativa nos resíduos úmidos durante bastante tempo”, explicou a nota da SMS. A recomendação, em caso de sintomas após enchentes, é que o paciente procure uma unidade de saúde o quanto antes.

Os sintomas mais comuns são febre, dor de cabeça, dores pelo corpo (principalmente nas panturrilhas), vômitos, diarreia e tosse. Nas formas graves, geralmente aparece icterícia (pele e olhos amarelados), sangramento e alterações urinárias. Pode haver necessidade de internação hospitalar.

“Leptospirose tem tratamento: o quanto antes o tratamento for instituído, maior será a chance de evitar a evolução para quadros mais graves da doença”, concluiu o texto.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias