spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img
spot_imgspot_img

Prefeitura de Angra dos Reis inicia Projeto Eco-oléo

Mais lidas


O Instituto Municipal do Ambiente de Angra dos Reis assina, nesta quarta-feira (18), a renovação do Eco-óleo, projeto em parceria com a Cooperativa de Trabalho e Reciclagem de Óleo Serra Mar – Coopbrilho. A iniciativa consiste na coleta adequada e sustentável do óleo de cozinha na cidade.

O projeto é mais uma iniciativa da Prefeitura para incentivar a conscientização ambiental e melhores práticas de gestão do ambiente. Além disso, tem foco em potencializar o sistema de coleta do material no município.

A cooperativa fornecerá recipientes (bombonas) para as escolas municipais e para os estabelecimentos comerciais participantes. No caso das unidades de ensino, além do óleo usado no preparo de alimentos na própria escola, o propósito é envolver toda a comunidade, fazendo com que pais e mães de alunos, além dos demais moradores, levem o óleo de suas casas para o descarte nas unidades, no recipiente destinado ao Eco-óleo.

Associações de moradores também podem ser pontos de entrega voluntária (PEV) do óleo descartado. Nos PEVs, os moradores da região podem deixar o material utilizado em suas casas, e a cooperativa fará o recolhimento regularmente.

O Instituto Municipal do Ambiente de Angra dos Reis (Imaar) reforça a participação dos estabelecimentos comerciais, principalmente lanchonetes, restaurantes e bares, na destinação correta do óleo vegetal, para a sua regularização. Neste caso, diferentemente dos PEVs, o recolhimento do óleo é individual, feito nos próprios estabelecimentos.

“Com isso nós trabalhamos a educação ambiental entre os alunos e também contribuímos para reduzir a necessidade de manutenção da rede de esgoto, já que o óleo de cozinha despejado na pia é algo que desgasta e sobrecarrega a rede”, explica Fillipe Motta, superintendente de Meio Ambiente.

Em relação à questão ambiental, o descarte do óleo de cozinha compromete o ecossistema aquático. Essa iniciativa, além de não ter custo, aumenta a participação do município de Angra dos Reis no ICMS Ecológico, que é um mecanismo tributário, do governo do estado que possibilita aos municípios que cumprem determinados critérios relacionados a cuidados ambientais terem acesso a parcelas maiores de arrecadação que aquelas que já têm direito.

“Conforme o município melhora sua gestão ambiental, mais recurso ele ganha”, completa o superintendente.

Para os interessados em participar como ponto de entrega do óleo ou obter mais informações, o telefone da Superintendência de Meio Ambiente é (24) 3368-4435, e o da cooperativa é (24) 3367-2033 (diskoleocostaverde@yahoo.com.br).

*estagiária sob supervisão de Lucas Nunes

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias