spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Mangaratiba: conferência debate direitos das crianças e do adolescente durante pandemia

spot_imgspot_img

Mais lidas

Nesta quinta-feira (11), aconteceu em Mangaratiba a ‘IX Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente’. O evento teve como tema “A situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempo de pandemia de COVID-19, violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas públicas de proteção integral com respeito à diversidade”.

A conferência aconteceu no Iate Clube de Itacuruçá, e contou com a presença do secretário da pasta, Edu Jordão, do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), José Carlos Tavares, além de representantes de órgãos públicos, entidades, sociedade civil e alunos da rede pública.

“Essa conferência é de extrema importância para a sociedade em geral, pois é o caminho para construção de uma cidade que efetive cada vez mais os direitos das crianças e adolescentes”, afirmou José Carlos.

O encontro contou com as palestras da pedagoga e pós-graduada em Gestão Escolar Integradora, Rosimar Alencar, que abordou o tema principal; e das profissionais da Secretaria de Educação, Stefânia Lima (psicóloga) e Juliana Amorim (Assistente Social).

Os eixos temáticos trabalhados em 2022 foram: Promoção e Garantia dos direitos humanos de crianças e adolescentes no contexto pandêmico e pós-pandemia; Enfrentamento das violações e vulnerabilidades resultante da pandemia da COVID-19; Ampliação e consolidação da participação das crianças e adolescentes nos espaços de discussão e deliberação de políticas públicas de promoção, proteção e defesa dos seus direitos, durante e pós-pandemia.

Durante o evento, também foram debatidos a participação da sociedade na deliberação, execução, gestão e controle social de políticas públicas de promoção, proteção e defesa dos direitos das crianças e adolescentes, considerando o cenário pandêmico, e  Garantia de recursos para políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes durante e pós-pandemia da COVID-19.

Durante o evento, ainda foi executada a eleição dos delegados que irão participar da XII Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, são eles: Wenderson Brian Ferreira da Silva (10 anos), Lavínia Vidal Loiola (15 anos), Alessandra Generoso Alves (Titular) e Rita de Cássia Vieira Muniz (Suplente).

O evento foi marcado pelas apresentações artísticas da Banda ECOM da Escola Municipal Caetano de Oliveira, das alunas de balé do CRAS de Itacuruçá e do Coral do CRAS da Praia do Saco.

*Por Jussiara Souza, estagiária sob supervisão de Lucas Nunes

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias