spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Washington Reis tem registro de candidatura à vice-governador cassada

spot_imgspot_img

Mais lidas

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) negou o registro de candidatura para o cargo de vice-governador à Washington Reis (MDB). Com isso, a chapa que busca a reeleição do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), deverá indicar um novo candidato.

A decisão que barrou a candidatura de Reis foi unânime. Com isso, um substituto a ele deve ser indicado em até dez dias, mas ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A defesa do candidato sustentou que ele estaria elegível, entre outros motivos, porque ainda poderia apresentar embargos infringentes ao STF. No entanto, o relator do processo, desembargador Luiz Paulo da Silva Araújo Filho, não concordou com o argumento. Com base na Lei da Ficha Limpa, o relator considerou que o ex-prefeito está inelegível diante da condenação proferida por órgão judicial colegiado afastou a tese do efeito suspensivo em decorrência do recurso.

Na mesma sessão, o TRE-RJ deferiu o pedido de registro de candidatura de Cláudio Castro (PL), que busca se reeleger como governador. Em 2016, o Supremo Tribunal Federal (STF) o condenou pela prática de crime ambiental e loteamento irregular quando era prefeito de Duque de Caxias.

Na semana passada, outras supostas irregularidades em sua gestão no município motivaram uma operação da Polícia Federal. Em nota, Washington Reis afirmou confiar na Justiça e anunciou que irá recorrer ao TSE.

Vale lembrar que condenação no STF já havia sido analisada pelo TRE-RJ há dois anos. Nas eleições municipais de 2020, Washington Reis também teve sua candidatura impugnada. Como recorreu ao TSE, ele concorreu sub judice e foi reeleito prefeito de Duque de Caxias, conseguindo posteriormente uma decisão que lhe garantiu a posse.

*com informações da Agência Brasil

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias