spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img
spot_imgspot_img

Praias e marinas brasileiras são contempladas com certificação internacional Bandeira Azul

Mais lidas

Nesta sexta-feira (11) uma cerimônia aconteceu em Niterói para a entrega da certificação internacional de 40 praias e marinas brasileiras em 2022/2023.

A iniciativa, criada pela Foundation for Environmental Education (FEE) reúne integrantes de vários países, reconhece localidades mundo afora que, comprovadamente, seguem critérios de gestão ambiental, qualidade da água e de responsabilidade social, entre outros.

Antes de conquistar o reconhecimento internacional, também dedicado a embarcações de turismo, os locais passaram por uma avaliação do Júri Nacional do Bandeira Azul, composto por órgãos públicos, como o Ministério do Turismo.

“Além da beleza natural única das nossas regiões litorâneas, oferecemos várias praias e marinas que honram compromissos ambientais. Isso, sem dúvida, se reflete em um maior interesse dos visitantes, tanto brasileiros como estrangeiros, de desfrutar dos nossos inúmeros atrativos do tipo”, conta o ministro do Turismo, Carlos Brito.

O principal objetivo da certificação, organizada no Brasil pelo Instituto Ambientes em Rede (IAC), é reforçar a participação e a conscientização da sociedade, empresários e gestores públicos quanto à necessidade de se proteger os ambientes marinho/costeiro.

“É uma alegria para o Júri Nacional do Bandeira Azul constatar que cada vez mais locais estão se empenhando por ações responsáveis. Para além da devida conservação ambiental, isso eleva a competitividade turística do país”, destaca Rafaela Lehmann, coordenadora-geral de Turismo Responsável do MTur.

Na Costa Verde, o Iate Clube de Santos em Angra dos Reis, recebeu pela primeira vez a certificação. Enquanto a Marina Costabella, também em Angra dos Reis, teve sua certificação renovada.

*estagiária sob supervisão de Lucas Nunes

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias