spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Homem que estava sendo procurado por assassinato de farmacêutico na Tijuca é preso em Paraty

spot_imgspot_img

Mais lidas

Na manhã deste domingo (20) um homem que estava sendo procurado pela Justiça por envolvimento na morte de um farmacêutico foi preso em Paraty.

A Polícia Militar informou que a inteligência encontrou a localização de um jovem de 18 anos, foragido desde junho, quando a Justiça pediu a prisão do suspeito.

“A gente foi trabalhando essas informações para chegar no dia de hoje e confirmar elas, sem a possibilidade de dar erro. Essa praia é um local de difícil acesso, a gente só chega até ela somente de barco ou enfrentando uma trilha, que dá mais de uma hora caminhando”, explicou o comandante da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o tenente-coronel Rodrigues.

O homem foi encaminhado a delegacia de Paraty onde permanece à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de latrocínio.

O acusado será levado para a Cadeia Pública de Volta Redonda e posteriormente, espera-se que este seja transferido para outro presídio.

Relembre o caso:

O farmacêutico foi atacado quando se preparava para buscar sua esposa na Tijuca, no Rio de Janeiro. Dois homens desceram do ônibus e o abordaram, eles atiraram na cabeça da vítima.

A esposa, que voltava de São Paulo em um ônibus fretado, desceu e estranhou a demora do marido. Não conseguindo fazer contato pelo celular, a mulher começou a chorar e foi abordada por Policiais Militares.

Ao caminhar até a esquina, a mulher viu um corpo sob um plástico. Ela reconheceu o corpo como sendo de seu marido pelo par de tênis.

O caso ocorreu na Praça Carlos Paolera, ao lado da Igreja de São Francisco Xavier.

*estagiária sob supervisão de Lucas Nunes

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias