spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Paraty: PM e Civil prendem suspeitos de matar policial militar

spot_imgspot_img

Mais lidas

Nesta sexta-feira (27/01), equipes das unidades da PMERJ de Angra dos Reis e Paraty, em conjunto com as equipes da Polícia Civil, prenderam dois criminosos envolvidos na morte do sargento Renato Tostes de Carvalho. No momento, os policiais estão trabalhando para localizar outros suspeitos de realizarem crime.

O Sargento Tostes, membro da equipe do serviço de inteligência do 33°BPM, foi executado com tiros de fuzil enquanto trafegava com sua motocicleta na altura do bairro São Gonçalinho, em Paraty, na última terça-feira (24/01). O policial foi socorrido e levado ao hospital de Paraty, mas não resistiu aos ferimentos.

Após o crime, equipes das unidades da PMERJ de Angra dos Reis e Paraty em conjunto com as equipes da Polícia Civil fizeram um varredura na região. Desde então os policiais não mediram esforços em colher provas, imagens e depoimentos para a captura dos criminosos.

Na quinta-feira (26/01), conseguiram realizar a prisão de 14 criminosos. Entre esses, dois estavam envolvidos na morte do policial militar que foram identificados através de imagens de circuito de tv e depoimentos de testemunhas. Além disso, também foram apreendidos: seis armas (dois revólveres, três pistolas e um fuzil, muito provavelmente utilizado no homicídio), um simulacro de fuzil, um carro recuperado, material entorpecente, dois rádios transmissores e duas balanças de precisão.

Toda operação foi acompanhada de perto pelo Delegado da 167DP – Paraty, Dr Marcello Russo, dos Comandantes do 33°BPM – Angra dos Reis, Tenente Coronel Borges e da 2CIPM – Paraty, Tenente Coronel Rodrigues. Os agentes afirmam que continuam trabalhando para identificar outros criminosos envolvidos no caso.

*Estagiário sob a supervisão de Raquel Morais

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias