spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Campo de futebol do Encruzo da Enseada continua nos sonhos dos moradores de Angra dos Reis

spot_imgspot_img

Mais lidas

Nesta semana, a equipe do Errejota Costa Verde recebeu uma denúncia de que a Prefeitura de Angra dos Reis pagou R$ 641 mil por uma obra no campo de futbol do Encruzo da Enseada que até hoje não saiu do papel.

Segundo o morador da região, Willian Couto, a tão esperada área de lazer do bairro foi contratada pela TurisAngra em outubro de 2020, pagando o valor de R$ 1.734.251,70 a empresa P.H.B de Lima Serviços e Logística Eireli-ME, e deveria ser entregue em 14 de abril de 2021, ou seja, seis meses após contratação. O andamento da obra ficaria na época sob a responsabilidade da subsecretaria de Parques e Jardins que, no final de 2020, foi alçada a Secretaria de Parques e Jardins, se tornando uma pasta independente, com estrutura própria administrada pela então subsecretaria Elizabeth Brito, agora secretária, que também é esposa do atual secretário de Governo Cláudio Sírio, o Ferreti.  

Com a promoção da subsecretaria a secretaria, contratos como o da área de lazer do Encruzo da Enseada foram readequados a nova nomenclatura administrativa, mantendo o mesmo prazo e custo da obra. Como a obra na área de lazer ainda não havia tido continuidade, a secretária de Parques e Jardins fez um novo aditivo ao contrato, alterando o prazo para a entrega da área para o dia 21 de novembro de 2021, com pagamentos periódicos que somados resultavam no equivalente a R$ 463.813,44.

Porém, mesmo com as adequações contratuais e os pagamentos periódicos, a obra não ficou pronta no prazo, recebendo mais um aditivo de prorrogação de 180 dias, transferindo a entrega da área de lazer do Encruzo da Enseada para o dia 21 de maio de 2022. Neste período, a empresa recebeu mais R$ 177.961,45 em pagamentos.

Além disso, a Secretaria de Parques e Jardins ainda aumentou em R$ 321.404,85 o custo da obra, e deu outro aditivo de tempo, transferindo a conclusão da área de lazer para novembro de 2022. Porém, até hoje (16 de fevereiro de 2023), a obra continua sem conclusão.

Portanto, a obra que deveria ter sido entregue no dia 14 de abril de 2021 por R$ 1.734.251,70, teve um atraso de mais de 2 anos para a entrega e passou a custar R$ 2.055.656,55.

O Errejota Notícias tentou contato com a Prefeitura de Angra dos Reis, mas ainda não obtivemos resposta.

*Estagiário sob a supervisão de Raquel Morais

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias