spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

MP leva Ouvidoria Itinerante da Mulher a Barra do Piraí

spot_imgspot_img

Mais lidas

A Ouvidoria do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro esteve, na última terça-feira, 11, na praça Nilo Peçanha, em Barra do Piraí. Na ocasião, a equipe da Ouvidoria/MPRJ estava a postos para orientar mulheres vítimas de todas as formas de violência e encaminhá-las para a realização de denúncias, bem como tirar dúvidas e registrar comunicações da população em geral. No total, foram realizados 49 atendimentos, tendo sido formalizadas seis comunicações e prestadas 43 orientações.

Realizado em parceria com as Ouvidorias do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-RJ), da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção Barra do Piraí e da Câmara Municipal de Barra do Piraí; o programa Empoderadas; o Núcleo de Atendimento ao Cidadão (NAC) do Governo do Estado; a Secretaria de Estado de Trabalho e Renda (Setrab), o Departamento de Transportes Rodoviários do Estado (Detro-RJ), a Fundação Leão XIII, o Detran.RJ Mulher e o Centro de Referência de Assistência Social, o evento começou às 9h e foi encerrado às 14h.

A assistente da Ouvidoria/MPRJ, promotora de Justiça Dina Maria Furtado De Mendonça Velloso, esteve presente e destacou a importância de realizar esta ação no interior do estado para fortalecer o diálogo com a sociedade: “O objetivo é promover um acolhimento mais próximo, é trazer a população para perto da gente. A Ouvidoria faz esse trabalho de escuta e realiza os encaminhamentos devidos”. A variedade de serviços oferecidos no local incluiu denúncias ao MPRJ, isenção de segunda via de documentos, aplicação de vacinas, cadastramento de benefícios socioassistenciais, orientação jurídica e procedimentos de beleza, entre outros.

A Ouvidoria Itinerante da Mulher faz parte de uma série de ações do MPRJ para promover um atendimento especial a mulheres vítimas de violência. Em agosto do ano passado, foi inaugurada a Ouvidoria da Mulher no edifício-sede do MPRJ. O local possui a Sala Lilás, um ambiente reservado para que a vítima se sinta acolhida e receba orientações sobre seus direitos. O atendimento presencial é realizado de segunda a sexta-feira, nos dias úteis, das 09h às 17h.

As comunicações à Ouvidoria da Mulher/MPRJ também podem ser feitas pelo Formulário ou pelos telefones 127, ramal 2 (ligação gratuita dentro do Estado do Rio de Janeiro) e (21) 3883-4600 (demais localidades), de segunda a sexta-feira, em dias úteis, das 08h às 20h.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias