spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Políticos lamentam morte de Francisco Dornelles

spot_imgspot_img

Mais lidas

O meio político fluminense e brasileiro recebeu com muita tristeza a notícias da morte do ex-governador Francisco Dornelles, aos 88 anos, na tarde desta quarta-feira, 23. Políticos de esquerda, centro e direita lamentaram a morte do veterano, que foi um dos mais importantes nomes políticos do estado e do país nos últimos 60 anos.

O diretório regional do Partido Progressista (PP), do qual Dornelles era presidente de honra, divulgou a seguinte nota:

“O Progressistas está em luto. Com profunda dor e tristeza, informamos o falecimento do nosso presidente de honra, Francisco Dornelles. Grande homem público, defensor da democracia e do diálogo em todos os momentos, nos deixa um legado de ética, responsabilidade, humildade e dedicação ao Brasil. Com um imenso vazio na política brasileira e no coração de cada filiado, o Progressistas apresenta sentidas condolências à família. Francisco Dornelles, que tanto nos ensinou com suas ações registradas em uma honrada e ilibada biografia, por seus incansáveis serviços ao país e ao Rio de Janeiro, passa hoje da vida à imortalidade. Deus o acompanhe, eterno presidente!”

O presidente da Câmara Municipal de Niterói, Milton Cal, também filiado à legenda, da qual é presidnete na cidade, lamentou a perda do líder:

“Lamentável a morte do grande amigo e companheiro Dornelles. Um político de grande envergadura, simples e um líder por onde passou. Triste”.

O vice-presidente, Geraldo Alckmin divulgou também nota de pesar:

“Recebi com pesar a notícia de falecimento do ex-governador, ex-senador e ex-ministro Francisco Dornelles, que teve uma longa trajetória no serviço público, inclusive como ministro da Indústria e Comércio, do presidente FHC”.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede), líder do Governo Lula no Congresso Nacional, também divulgou a seguinte nota:

“Francisco Dornelles teve uma vida dedicada à arte da política, até nos deixar hoje, aos 88 anos. Presidente de honra do PP o ex-governador e ex-senador da República, sua trajetória faz juz aos parentes, Tancredo e Getúlio”.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, foi um dos que ouviu os seus conselhos:

“Nos deixa hoje uma das figuras mais importantes da política brasileira dos anos 60 até os dias de hoje. Secretário da Receita, ministro duas vezes, deputado federal, senador, vice-governador e governador do Rio, Francisco Dornelles vivenciou todos os momentos importantes desse país durante os últimos 60 anos. Tive a honra de receber o seu apoio em várias eleições e, muito especialmente, ter tido a sorte de ouvir seus conselhos e “causos”. Nos últimos 20 anos não fiz um movimento sequer em minha trajetória política sem ouvi-lo antes. Homem público honrado, amigo leal, pai e marido amoroso. Dornelles, deixará muitas saudades. Meus abraços e carinho especiais a sua companheira de vida Cecília e suas filhas. Aos companheiros do Progressistas e a legião de amigos os meus meus mais profundos sentimentos”.

O secretário de Estado de Saúde, Dr. Luizinho, também lamentou a perda do líder:

“Amigo, líder, ídolo, o maior político da História do Rio de Janeiro. Francisco Dornelles era um guia e um exemplo a ser seguido! Que Deus abençoe e ilumine Dona Cecília e todos os seus familiares”.

O deputado estadual Luiz Paulo (PSD), também divulgou mensagem de pesar:

“Lastimamos o falecimento do ex-senador e ex-governador Francisco Dornelles, grande ser humano, democrata, mediador, profundo conhecedor do Estado e um político de Estado”.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias