spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img
spot_imgspot_img

Polícia Militar lança novo programa de treinamento para capacitar tropa

Mais lidas

O novo Programa Integrado de Capacitação Profissional (PICP), de caráter compulsório, é destinado a aprimorar o treinamento de policiais militares envolvidos em ações que resultem em óbito ou lesão corporal grave, e substitui o treinamento extraordinário obrigatório lançado com a mesma finalidade no final de agosto último.

A partir de agora, a capacitação terá o dobro da carga horária em relação à versão anterior e a inclusão de novas atividades, tanto teóricas como práticas. Sob coordenação do Comando de Operações Especiais (COE), o novo programa será realizado em duas semanas.

“A atividade da Polícia Militar exige um processo de reciclagem permanente da tropa para reforçar as diretrizes dos nossos protocolos e para que a gente possa oferecer um serviço cada vez mais qualificado à sociedade “, explicou o secretário de SEPM, coronel Luiz Henrique Marinho Pires, ao justificar a resolução do comando da Corporação criando o PICP.

Na primeira semana, o treinamento do novo programa prevê quatro atividades entre segunda e sexta-feira:

– Exame minucioso de saúde física e mental durante dois dias a cargo da equipe de profissionais da Diretoria Geral de Saúde (DGS) da Corporação;

– Instrução de Método de Defesa Policial Militar e atualização do Uso Progressivo da Força sob orientação de especialistas do Centro de Educação Física e Desporto (CEFD);

– Instrução de controle de distúrbios e tecnologia de menor potencial ofensivo no Batalhão de Polícia de Choque (BPChq);

– Visitação, com apresentação de palestras, no Batalhão de Operações  Policiais Especiais (BOPE).

A segunda semana será dedicada inteiramente à realização do Estágio de Aplicação Tática e Abordagem e Tiro em Ambiente de Baixa Luminosidade, ambos a cargo de instrutores do Centro de Instrução Especializada e Pesquisa Policial (CIEsPP).

– Esses dois módulos ministrados na segunda semana passam agora a ser obrigatórios nos cursos de formação da Corporação, tanto de praças como de oficiais – acrescenta o secretário da SEPM.

Entre agosto último e setembro deste ano, passaram pelo treinamento compulsório e regular (aqueles já inscritos na programação ordinária do CIEsPP) 197 policiais militares.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias