spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img
spot_imgspot_img

Especialistas orientam como proteger animais em áreas de alagamentos

Mais lidas

As preocupações em situações de desastres naturais não se limitam apenas aos seres humanos; os animais também necessitam de cuidados especiais. Considerando a previsão do tempo para os próximos dias, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro (CRMV-RJ) compartilha orientações baseadas nas recomendações do Ministério do Desenvolvimento Regional e do Grupo de Resgate de Animais em Desastres (Grad).

Cães e gatos: devem ser levados na hora de evacuar áreas de risco. Utilize coleira e guia para os cães, e transporte os gatos em caixas apropriadas ou sacos de linhagem. Lembre-se de incluir uma reserva de ração para atender às necessidades alimentares durante a emergência.

Animais de grande porte: Cavalos, bois, porcos e outros animais de grande porte também necessitam de atenção especial. Leve-os para locais altos e seguros para garantir sua proteção durante alagamentos.

Aves em geral: Para aves, como galinhas, retire-as dos galinheiros, proporcionando-lhes um ambiente seguro e livre de perigos. Se não for possível encontrar um local seguro, permita que fiquem soltas, mas garanta que tenham acesso à alimentação adequada.

Aves em gaiolas: Aves mantidas em gaiolas devem ser levadas consigo sempre que possível. Caso contrário, coloque-as em locais altos, garantindo água e comida suficientes.

O Conselho ressalta que o Grupo de Resgate de Animais em Desastres (Grad) está disponível para suporte especializado em situações de desastre.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias