spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Estado do Rio decreta epidemia de dengue

spot_imgspot_img

Mais lidas

O governador Cláudio Castro (PL) anunciou nesta quarta-feira (21) que o estado do Rio vive uma epidemia de dengue. O número de casos — quase 50 mil — desde o início do ano é 20 vezes maior que o esperado para o período. Quatro pessoas morreram por causa da doença.

Até quinta-feira (21), um decreto será publicado no Diário Oficial sobre a situação do estado e confirmando a epidemia.

Em função do avanço da doença, o estado criou um Centro de Operações de Emergência (COEs) Dengue para ampliar e agilizar a organização de estratégias de vigilância contra a doença. O COEs fica na sede da Secretaria Estadual de Saúde (SES), no Rio Comprido, na Zona Norte.

Agora, o objetivo é unir todos os setores de saúde, inclusive a Vigilância Sanitária, para dar uma resposta rápida para os municípios. Além disso, haverá ampliação de salas de hidratação em 22 Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) municipai e estaduais.

“Conforme forem os pedidos forem chegando, podemos chegar a 80 salas de hidratação. Até agora, 12 municípios pediram o aumento de salas de hidratação. Estamos analisando”, falou o governador.

Por conta da alta incidência da doença, o estado informou que reforçará o número de médicos e enfermeiros nas 27 UPAs da rede.

Com recorde histórico de internações, a capital já tinha decretado epidemia por causa do aumento dos casos de dengue.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias