spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Mangaratiba discute criação da Área de Proteção Ambiental da Ilha Verde

spot_imgspot_img

Mais lidas

A Ilha Verde, em Mangaratiba, pode se tornar uma Área de Proteção Ambiental (APA). A Secretaria Municipal do Meio Ambiente realizou nesta segunda-feira, 20, a segunda consulta pública do projeto de criação da APA Municipal da Ilha Verde. O evento foi no Centro Cultural Cary Cavalcanti.

No encontro, o secretário municipal de Meio Ambiente, Cláudio Maia, apresentou as etapas de elaboração do projeto da futura unidade de conservação, prevista para ser instalada no distrito de Muriqui.

Serão ao todo necessárias cinco etapas para criar a nova APA, com a identificação da demanda; elaboração de estudos técnicos; consulta pública; aprovação da lei municipal e implementação das estruturas físicas da unidade aprovada.

O projeto da ‘APA da Ilha Verde’ foi desenvolvido em conjunto pelas equipes da Secretaria de Meio Ambiente de Mangaratiba, do Parque Estadual Cunhambebe (PEC) e do Grupamento de Proteção Ambiental (GPA), através de cooperação técnica. A ideia é transformar um espaço que era utilizado para extração mineral, em uma área de preservação ambiental e de lazer para os moradores.

A infraestrutura, que será executada através de recurso de compensação ambiental, vai contar com cais para embarque e desembarque de embarcações, estacionamento próprio, trilha ecológica, acessibilidade, deck de observação, tirolesa e rapel, mirante com binóculos fixos, centro de memória e história do antigo trem macaquinho de Mangaratiba.

Através da construção, o projeto prevê a promoção da beleza cênica local, o fomento ao turismo sustentável, o aumento de ICMS ecológico da cidade (Mangaratiba ocupa o terceiro lugar no ranking estadual), reverter o passivo ambiental da antiga pedreira, promover pesquisa científica, educação ambiental e lazer, além de frear o crescimento desordenado de construções na área.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias