spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Angra realiza exames de revisão do mutirão de catarata

spot_imgspot_img

Mais lidas

No sábado, 08, e neste domingo, 09, no Estádio Municipal Jair Toscano de Brito, 409 pacientes realizaram a revisão das cirurgias de catarata ocorridas no mutirão de catarata que aconteceu no final de abril e início de maio deste ano. A revisão é uma etapa essencial do mutirão, que abrange desde os exames pré-operatórios, passando pela cirurgia, os exames pós-operatórios, até chegar às revisões. Seu objetivo é assegurar a recuperação plena dos pacientes, garantindo a eficácia dos procedimentos.

O mutirão de catarata realizado no fim de abril deste ano atendeu 409 pessoas com o objetivo de restaurar a visão dos pacientes e, consequentemente, melhorar sua qualidade de vida. A catarata, uma das principais causas de cegueira no mundo, recebe atenção especial no município. As cirurgias, rápidas e seguras, são conduzidas por uma equipe de especialistas altamente capacitados, proporcionando o máximo de cuidado e eficiência.

Os pacientes encaminhados para a cirurgia passaram por avaliações prévias em suas unidades de saúde locais e foram referenciados para especialistas no Hospital Municipal da Japuíba (HMJ) ou no Centro de Especialidades Médicas do Parque das Palmeiras.

Os mutirões de catarata representam um avanço importante na saúde pública de Angra dos Reis, com mais de 5.000 cirurgias realizadas desde 2018. Em 2023, foram realizadas mais de 1.000 operações em quatro edições do mutirão. Todas as cirurgias são realizadas em uma carreta adaptada, seguindo rigorosamente os protocolos exigidos pela Vigilância Sanitária. Os prognósticos pós-operatórios são muito positivos, pois as cirurgias devolvem a autonomia aos pacientes em aproximadamente 90 dias.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias