spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Moradores de Angra podem fazer saque do FGTS Calamidade

spot_imgspot_img

Mais lidas

A Caixa Econômica Federal disponibilizou, para trabalhadores de Angra dos Reis, o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade. Quem tiver direito ao benefício precisa fazer a solicitação por meio do Aplicativo FGTS até 02/07.

Terão direito os moradores que tiveram suas casas atingidas pelo grande volume de chuva registrado, segundo laudo da Defesa Civil. Para que possam fazer o pedido de saque, os moradores dessas áreas devem apresentar o comprovante de residência.

O valor máximo para retirada é de R$ 6.220,00. O trabalhador precisa ter saldo positivo na conta do FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses.

Todo o trâmite para o saque do FGTS Calamidade também pode ser feito no caminhão da Caixa que está estacionado na Rua Japoranga, S/N, no bairro Japuíba (em frente à Escola Municipal Professora Cleusa Fortes de Pinho Jordão) e funcionará nos dias úteis, das 10h às 15h. A movimentação de dinheiro em espécie estará disponível por meio de caixas eletrônicos instalados na unidade móvel da instituição.

Orientações – Os moradores que tentarem solicitar o benefício, mas não tiverem como comprovar que moram na área afetada, precisarão fazer a convalidação junto à Secretaria de Administração, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

“Este morador deve solicitar à Associação de Moradores uma declaração de que reside no imóvel e fazer uma certidão de residência no cartório. Este documento deve ser apresentado na Secretaria de Administração para convalidação. Depois, ele vai conseguir sacar o FGTS por calamidade”, explicou o secretário municipal de Administração Carlos Felipe Larrosa Arias.

Já os moradores que tiveram suas casas afetadas, mas não têm os endereços na listagem, devem procurar a Defesa Civil solicitando a inclusão. Depois de comprovado o direito ao saque, a Secretaria de Administração solicitará a inserção do endereço na Caixa Econômica Federal.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias