spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img
spot_imgspot_img

Programa Rotas do Conhecimento tem segunda edição em Angra

Mais lidas

Na última terça-feira (6) o programa Rotas do Conhecimento teve sua segunda edição, passando pelos pontos históricos do Centro da cidade de Angra dos Reis.

O programa foi criado para promover passeios educacionais e culturais para estudantes da rede municipal de ensino.

Os premiados com a ação foram 23 alunos do 3º ano A da Escola Municipal Prefeito João Gregório Galindo, da Japuíba.

Um ônibus contratado buscou as crianças no bairro e as trouxe ao Centro, para um passeio que passou pela Casa Larangeiras, Mercado do Peixe, Câmara Municipal e Palácio Raul Pompéia.

“A Secretaria de Educação e suas escolas vêm trabalhando com metodologias ativas de ensino, para que o estudante seja o protagonista de sua história e da construção de seu conhecimento. O Rotas do Conhecimento é uma dessas metodologias. Ele promoverá aulas-passeio em corredores culturais dentro e fora do município. Essas aulas serão sempre vinculadas a programas pedagógicos trabalhados pelas escolas e terão finalidades educacionais. Esse é o segundo passeio promovido pelo projeto. Há duas semanas, levamos estudantes ao Safari do Portobello” explicou o secretário de Educação, Juventude e Inovação Paulo Fortunato.

As crianças chegaram ao Centro às 10h, com carteiras de identificação com seus nomes, nome dos pais, endereço de residência, nome da escola e turma, e foram à exposição “390 Anos de Devoção Popular à Nossa Senhora da Conceição e Santa Luzia”, na Casa Larangeiras.

O próximo local visitado foi o Mercado do Peixe, onde as crianças viram de perto espécies que nunca haviam visto, como cações e polvos.

“A realização da minha vida é transmitir a história e o conhecimento para as crianças de Angra dos Reis. Aproveitei hoje e distribuí às crianças cartões com fotos e informações sobre os monumentos da cidade que produzo com custeio próprio, faço por amor. O patrimônio da cidade é a herança que deixaremos para nossos descendentes. Angra contém a história do mundo inteiro, nosso patrimônio é riquíssimo. A educação patrimonial precisa e deve ser continuada nas escolas. Estou muito feliz em fazer parte desse projeto” agradeceu Ana Maris Figueiredo, professora e historiadora.

O próximo local foi a Câmara Municipal e, por último, as crianças estiveram no Palácio Raul Pompéia, local onde funciona grande parte das secretarias da Prefeitura de Angra. Liderados agora também pelo cerimonialista da Prefeitura, Zélio Nascimento, as crianças conheceram o salão nobre e o prefeito Fernando Jordão. Ao final, as crianças tiraram fotos com o prefeito em seu gabinete.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias