spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img
spot_imgspot_img

Série de TV conta cotidiano de Paraty e Angra dos Reis

Mais lidas

Estreou no início desse mês a série televisiva “Um dia na vida em Paraty e Ilha Grande”, em Angra dos Reis. Contando com uma narrativa construída a partir da vida cotidiana de ilustres personagens de Paraty e da Ilha Grande, a filmagem foca na documentação de tradições e paisagens únicas do 1º sítio misto do Brasil, reconhecido pela Unesco como Patrimônio Mundial em 2019.

Capturando a biodiversidade, as culturas e os modos de ser e fazer das populações tradicionais das duas localidades, a série pode ser assistida no canal do youtube da Rede TVT e no site www.umdianavida.com.

O projeto é um importante registro e instrumento de valorização dessas paisagens e de suas identidades, sobretudo por focar nas populações tradicionais locais – caiçaras, indígenas e quilombolas.

Em oito episódios gravados em diferentes localidades, o espectador caminha pelas ruas de Paraty durante a festa de São Benedito; acompanha as mulheres marisqueiras do Saco do Céu, em Ilha Grande, e os faroleiros do Farol dos Castelhanos em rotinas solitárias; visitam a Praia da Longa, o Aventureiro e Provetá (Ilha Grande); conhecem a comunidade do Quilombo do Campinho da Independência e a Aldeia Araponga (Paraty). Retratos reais de uma vida cotidiana que é sobretudo dádiva. E resistência.

“Um dia na vida em Paraty e Ilha Grande” começou sua trajetória de exibição nos meses de setembro, outubro e novembro, em circuitos comunitários, mostras e cinemas. A série deixa claro que, apesar do reconhecimento mundial e das legislações nacionais de proteção, os territórios em questão ainda sofrem muitas pressões econômicas, nem sempre favoráveis às dinâmicas locais.

Sobre os realizadores

O Instituto de Pesquisas Marinhas (Ipemar) está sediado em Ilha Grande e atua com projetos voltados para as ciências, saberes e culturas do mar. Já a produtora Laboratório Cisco, sediada em Campinas, no interior de São Paulo, atua há quase vinte anos realizando documentários que percorrem o mundo inteiro, focados em direitos humanos, meio ambiente, cultura popular e música.

*Estagiário sob supervisão de Raquel Morais

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias