spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img
spot_imgspot_img

Vila Belmiro recebe o último adeus de Pelé

Mais lidas

Com início desde às 10h desta segunda-feira (02), o velório de Edson Arantes do Nascimento, mais conhecido como Pelé, já reuniu fãs, amigos e grandes personalidades para se despedir do rei do futebol.

A primeira autoridade a chegar foi o ministro do STF Gilmar Mendes, que contou histórias com o Rei. Outras presenças importantes foram de Tarcísio de Freitas, novo governador de São Paulo, e Ricardo Nunes, prefeito da cidade de São Paulo. O presidente Lula confirmou que estará presente no velório, em horário não informado.

Do meio esportivo, os presidentes Gianni Infantino (Fifa), Alejandro Dominguez (Conmebol), Ednaldo Rodrigues (CBF) e Carneiro Bastos (Federação Paulista) foram até o estádio do Santos. Além deles, Paulo Wanderley Teixeira, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, e Emilio Butragueño, vice-presidente do Real Madrid, foram dar o último adeus a Pelé.

Foto de AFP

Alguns companheiros de time na época de Pelé e outros ídolos compareceram ao velório. São eles, Manoel Maria, Serginho Chulapa, Clodoaldo, Zé Roberto, que carregou o caixão, Lima, Abel, Elano, Lalá e Aguinaldo.

Nas arquibancadas da Vila Belmiro onde estão os lugares destinados aos associados, foram estendidas faixas com a imagem de Pelé com a camisa 10 do Santos.

Foto de Divulgação

As pessoas que desejarem se despedir do rei do futebol poderão entrar na Vila Belmiro pelos portões 2 e 3. A saída será efetuada pelos portões 7 e 8. As autoridades terão acesso pelo portão 10.

O sepultamento será realizado no Memorial Necrópole Ecumênica, sendo reservado para a família, agora, a partir das 14h.

Pelé morreu aos 82 anos, vitima de um câncer de colón. Ele estava internado há um mês no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

*Estagiário sob supervisão de Raquel Morais

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias