spot_imgspot_img

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

spot_img

Morre Canisso, baixista dos Raimundos, aos 57 anos

spot_imgspot_img

Mais lidas

Nesta segunda-feira (13/03), o Canisso, baixista da formação inicial dos Raimundos, morreu em casa no fim da manhã. A causa da morte do artista ainda não foi divulgada mas a família divulgou no perfil do músico no Facebook que ele sofreu uma queda e foi encaminhado a um hospital. 

Segundo a filha, o músico foi levado ao hospital após o acidente, mas não resistiu aos ferimentos. Na página oficial nas redes sociais, foi informado que ele “sofreu uma queda decorrente de um desmaio”. 

Além do Raimundos, Canisso já foi baixista de outras bandas de sucesso no Brasil, como Detonautas e Rodox. Nos Raimundos, o músico participou de todos os álbuns de maior sucesso da banda, tanto na fase liderada por Rodolfo Abrantes, quanto na era em que Digão se tornou o vocalista do grupo. Já no Detonautas, o baixista substituiu Tchelo em 2003, quando o músico ficou ausente por estar com o braço quebrado.

Paulista, Canisso viveu parte de sua infância no Rio de Janeiro, mas teve toda sua formação em Brasília. Foi na capital federal que conheceu Rodolfo Abrantes e Digão nos anos 1980, com quem formaria o Raimundos. Seu último show foi em Santa Catarina (11/03), a convite da banda Sigma.

*Estagiário sob a supervisão de Raquel Morais

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas noticias